Tutorial - Usando a Tupia

A tupia é uma ferramenta curiosa, de aparência descompromissada não consegue convencer mesmo aos mais otimistas sobre o potencial que pode oferecer com um mínimo de conhecimento.

Aqui falo sobre outras de minha ferramentas elétrica inseparáveis:
http://www.diyaudio.com.br/2011/02/ferramentas-eletricas-minhas-3.html

Sobre a tupia, eu nunca teria feito uma caixa de boa aparência sem essa minha aliada de todas as horas. Reparem ainda que a minha nem chega a ser do tipo profissional mas como uso basicamente para MDF em um volume que não chega a ser grande, nunca tive qualquer problema ou limitação no uso.

Toda tupia vem com algumas guias para servirem como referência. O problema é que quando você tem que repetir a mesma furação, tem que regular tudo novamente e se for um trabalho de precisão, isso toma um tempo danado.

Lá fora você compra com facilidade algumas “guias” pré marcadas e isso deve ser fantástico, veja a foto abaixo. Basta retirar a base original e incluir essa guia, conhecida como “Jasper Circle Jigs”
jasper_tools_model_200
 
Mas como sou um cara teimoso e duro, eu mesmo fiz uma guia e quando quero repetir a furação, basta usar a mesma marcação… fiz em acrílico transparente e anoto com caneta permanente o nome de cada furo.
 
Repare que com a minha técnica, consigo fazer furo inclusive “imediatamente” maior que a própria fresa, o que não é possível com o gabarito original que vem na tupia, da mesma forma que posso fazer furos de tamanho virtualmente infinito, basta aumentar a guia… na que fiz para uso diário, brinco com até 25” de diâmetro.
 
 
tmp5917

Os furos vermelhos são as marcações que formarão o raio até o furo amarelo. Nada impede de você também colocar marcações imediatamente após o próprio furo da fresa, como é o caso dos furos verdes, isso vai te permitir fazer furos de diâmetros bem pequenos...

3 comentários:

  1. Foi muito boa essa dica de como usar a Tupia, eu como amador costumo colar uma madeira em cima da outra, ou seja, uma com o diâmetro interno do Alto falante e outra com o diâmetro externo, fica bom, mas dá um trabalho.
    Parabéns por este site, recebo sempre novidades pelo meu email.
    Fiquem com DEUS,
    sinceramente,
    Wilson

    ResponderExcluir
  2. Fico muito feliz que tenha gostado! As vezes lamento por postar pouco, mas fico feliz que o tenha ajudado. A sua maneira de fazer é muito eficiente e criativa. Parabéns!

    Renato

    ResponderExcluir
  3. OLá, gostei muito deste artigo, tanto que fui atraz da tupia, mas não a encontreoi aqui em Porto Alegre. Qual é a marca/modelo desta que vc utiliza, e esta ferramenta régua/compasso foi vc que fez ou é um acessória da tupia

    Abração

    Luis barcellos

    lhbarcellos@hotmail.com

    ResponderExcluir